segunda-feira, 15 de maio de 2017

Notícias - Maio de 2017

Jataí (GO), 10 de Maio de 2017

Os que estão plantados na casa do Senhor florescerão nos átrios do nosso Deus... Para anunciar que o Senhor é reto. Ele é a minha rocha e nele não há injustiça.” (Sl. 92:13,15)

 Fachada do HPDG
Iniciamos nossa carta com agradecimentos por suas orações. Nesse curto período no Brasil já conseguimos visitar muitos dos nossos familiares no eixo Bahia, Goiás e São Paulo, além da alegria de rever amigos, fazer novas amizades, visitar parceiros de ministério e nos reunir para ouvir aqueles a quem Deus tem levantado como líderes em nossas vidas.

Pregando na IP Parque Erasmo Assunção
Santo André (SP)
No momento ainda estamos dando continuidade às nossas consultas, exames e tratamentos médicos no Hospital Presbiteriano Dr. Gordon (HPDG) em Rio Verde, GO. Ao mesmo tempo tivemos a oportunidade de visitar igrejas que caminham conosco na missão, a exemplo da IP Unida de SP, Quarta IP de Guarulhos, IP Pq. Erasmo em Sto André, IP Filadélfia e IP do Tijuco Preto em Cotia, SP. Que alegria conhecer tantos novos irmãos e perceber seu entusiasmo com a tarefa inacabada que todos temos diante de nós.

Recebendo placa comemorativa da APMT
por mais de uma década de trabalhos
tranculturais (21 anos) 
Em nossa reunião com a Assembléia da APMT/IPB no último dia 25/04 ficou decidido que aguardaremos no Brasil definições sobre os vistos para retorno à África do Sul. Enquanto aguardamos daremos continuidade a tratamento de saúde, ao passo em que também atenderemos convites de igrejas no Brasil para falarmos sobre o trabalho (carências e oportunidades) na região Austral do continente Africano.

Para tanto podem nos contactar por e-mail: gesse@apmt.org.br ou gessrios@gmail.com, ou WhatsApp +27 72 738 3228, ou ainda pelo celular 062 9 8579-3278 (Oi). Saliento entretanto que só teremos como atender novos compromissos a partir do dia 08 de Julho, com exceção dos dias 26 e 27 de Agosto e 30 de Setembro a 01 de Outubro.
    Aproveitamos o ensejo para desejar a todas as mamães, um Feliz Dia das Mães!
  1. MOTIVOS PARA AGRADECER
  1. Nossa reunião com APMT;
  2. Encontros com familiares e parceiros de ministério;
  3. Possibilidade de tratamento médico;
  4. Nossos filhos Guilherme (Brasil), Leonardo e Philipe, (África do Sul);
  5. Vida de minha mãe, Marianina, que completa 80 anos no dia 18/06.
    MOTIVOS PARA INTERCEDER
  1. Documentação para vistos na África do Sul;
  2. Tratamento de saúde;
  3. Queda acentuada no sustento;
  4. Viagens e compromissos no Brasil.

Com você, juntos na Missão de Deus,
Rev. Gesse e Iolanda Rios
__________________________________________________________________________
Contribuições para o ministério do Rev. Gessé e Iolanda Rios poderão ser feitas:

  • Atraves da APMT, usando o código de identificação de 0,14 centavos (ex.: R$ 100,14):
    Banco do Brasil, Agência: 0635-1 (Cambuci) - C/C: 7500-0;
    Banco Bradesco, Agência: 119-8 (Cambuci) - C/C: 107965-4;
    Transferência online, CNJP: 04.138.895/0001-86;
    Boleto bancário - Neste caso ligar para (011) 3341-8339 solicitando boletos para efetuar o depósito.
    Ou, se preferir
  • Na conta pessoal: Gessé Almeida Rios (CPF: 253.072.585-34)
    Banco do Brasil – Agência 8413-1; C/C ou Poupança (variação 51): 14116-X ou
    Bradesco , Agência 0250-0; C/C ou Poupança: 0052042-0

Notícias - Abril de 2017

Rio Verde (GO), 10 de Abril de 2017

Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas.Isaías 1:17

Deus é bom! Tão bom que nos chama em santa vocação apesar do que éramos (mortos para Ele) e agora, vivificados em seu Filho por obra do Espirito Santo, nos ordena vivermos refletindo ao mundo Sua grande bondade. Ordem essa evidenciada nos imperativos dos verbos no texto citado. Ou seja, Deus nos ordena a sermos canais de sua bondade num mundo mau e perveso. Essa bondade não é nossa, é dEle! Portanto, nossa missão levar homens e mulheres de todos os povos e raças e de todas condições sociais a conhecerem e desfrutarem da bondade salvadora de Deus em seu Filho, o Cordeiro que tira o pecado do mundo.
Nesses três meses no Brasil temos sido ricamente abençoados por Sua bondade. Depois de visitarmos familiares e igrejas do nosso Presbitério na Bahia, viemos para Goiás para igualmente visitar familiares e igrejas, e para fazermos o check-up médico requerido pela nossa Agência (APMT) no Hospital Presbiteriano Dr. Gordon. Aqui ressaltamos a genorasa hospitalidade e o carinho de todos os profissionais do Hospital ao passo em que, mais uma vez, parabenizamos a iniciativa da parceria entre APMT e HPDG. Isto para não falar da alegria do re-encontro com os nossos amigos e colegas na caminhada missionária, Pr. Jorge e Jarci.
Neste momento estamos realizando nossos exames médicos para em seguida participarmos da reunião da APMT no dia 25/04 em São Paulo. Graças a Deus nenhuma surpresa maior com a nossa saúde até o momento. Nesse meio tempo em Goiás preguei e falamos sobre o trabalho da APMT nas IPBs do Finsocial em Goiânia, Primeira e Segundo de Rio Verde, Betânia de Jataí e Igreja Batista do Bairro Gameleira em Rio Verde. No Mato Grosso do Sul preguei e expusemos sobre as atividades da APMT/IPB na IPI e Igreja do Avivamento Bíblico na cidade de Cassilândia. No Paraná preguei e divulgamos o trabalho da APMT na Oitava IPB de Londrina, além de ter aproveitardo para participar da conclusão da validação junto ao MEC do meu diploma de Teologia, cujo curso terminei em 1988.
O pedido de retirada do impedimento temporário de retorno à África do Sul dos nossos passaportes continua em processo de esperar pela resposta final do Dpto de Assuntos Internos daquele país.
Mesmo à distância tenho conseguido, com muita dificuldade, auxiliar no monitoramento dos estudos teológicos do irmão Pbo. Tharcisse Alex Uzomukunda através projeto DECENDA da Faculdade de Teologia Reformada de Potchefstroom (North-West University - NWU). Ore por provisão de Deus para sustento de sua família, há três meses desempregado.
    MOTIVOS PARA AGRADECER
  1. 1. Exames médicos até aqui indicando saúde estável;
  2. 3. Nossas viagens em segurança e pelo carinho com que somos recebidos em cada lugar;
  3. 4. Alegria de rever irmãos, amigos e familiares no Brasil;
  4. 5. Melhora no estado de saúde de minha mãe;
  5. 6. Cuidado de Deus com os filhos: Guilherme (Brasil), Leonardo e Philipe, (África do Sul);
  6. 7. A chagada de mais um sobrinho, Arthur;
  7. 8. Casamento do meu sobrinho, Isaque;
  8. 9. Conclusão de minha Validação do Diploma.

    MOTIVOS PARA INTERCEDER
  1. Estudos teológicos do Pbo Alex Uzomukunda;
  2. Saúde de minha mãe;
  3. Procedimentos para validação no Brasil da graduação sulafrcana do Guilherme;
  4. Conclusão nosso checkup médico antes da nossa reuinião com a APMT;
  5. Retirada do impedimento temporário de retorno à Africa do Sul;
  6. Nossas viagens e compromissos no Brasil.

Ficamos por aqui com o coração gratos por sua participação conosco nesta caminhada de fé. Receba o nosso abraço,

Rev. Gesse e Iolanda Rios

Notícias - Fevereiro de 2017

Cape Town, 15 de Fevereiro de 2017

O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos; Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória;” Col. 1:26,27

Maravilhoso é o nosso Deus! Chegamos ao Brasil no dia 11 de Janeiro depois de longa espera por uma solução no impasse criado pelo Dpto de Assuntos Internos da África do Sul em relação aos nossos pedidos de vistos. Os resultados não foram o que esperávamos, mas confiamos no controle de Deus sobre todas as coisas. Assim, Ele nos deu o privilégio de retornar à nossa terra e virmos logo para a Bahia para estar com minha mãe que continua sobre uma cama sem poder se locomover devido à fratura no osso da bacia. Graças a Deus ela já não sente muitas dores e tem sido paciente no processo de espera por um milagre, já que não pode operar. Apesar das circusntâncias seu humor está bem e consegue se alimentar razoavelmente.
Aproveitamos esse tempo na Bahia para, também, visitar nos finais de semana as IPs de Campo Formoso, Capela do Alto Alegre, Lírio dos Vales, Mairi, Miguel Calmon e Serrolândia (Prebitérios de Campo Formoso e Noroeste da Bahia). Tem sido gratificante rever tantos irmãos e amigos queridos.
Em meados de Fevereiro retornaremos para Goiás para encontrarmos os familiares da Iolanda e para darmos início ao checkup médico em Rio Verde, conforme requerimento da APMT. Em Março iremos a Londrina para conclusão de um curso e visitar amigos e igrejas parceiras na região. Em Abril atenderemos compromissos em SP e participaremos da reunião da APMT.
submetemos o pedido de retirada do impedimento temporário de retorno à África do Sul dos nossos passaportes causado por nossa necessidade de permanecer no país à esperar pela resposta final do Dpto de Assuntos Internos sobre nosso pedido de vistos. Esse processo pode levar aproximadamente 3 meses ou mais. Somente depois disso poderemos planejar nosso retorno à África do Sul.

Mesmo à distância tenho conseguido, com alguma dificuldade, auxiliar como monitor nos estudos teológicos à distância do irmão Pbo. Tharcisse Alex Uzomukonda através projeto DECENDA da Faculdade de Teologia Reformada de Potchefstroom (North-West University - NWU) .

    MOTIVOS PARA AGRADECER
  1. Por termos recebido a resposta do Dpto de Assuntos Internos da África do Sul, ainda que não a esperada, mas que nos permitiu deixar o país;
  2. Pela nossa saúde – estável;
  3. Por nossa viagem ao Brasil e pelos maravilhosos encontros com igrejas, familiares e amigos;
  4. Pela grata alegria de rever irmãos, amigos e familiares no Brasil;
  5. Pela melhora no estado geral da saúde de nossa mãe;
  6. Pelo nosso reencontro com o Guilherme;
  7. Pelo amor e dedicação abnegada de minha irmã Neuci e apoio constante dos meus irmãos no cuidado de minha mãe.
    MOTIVOS PARA INTERCEDER
  1. Pelo Philipe e Leonardo que terão a resposnsabilidade do cuidado da nossa casa e nossos compromissos em Cape Town;
  2. Pela recuperação da saúde de minha mãe e por minha irmã Neuci que, juntamente com a nossa querida irmã e amiga Elzinha, se dedicam ao cuidado;
  3. Pela validação no Brasil da graduação sulafrcana do Guilherme;
  4. Pelo checkup médico que faremos a partir de final de Fevereiro;
  5. Pela retirada do impedimento temporário de retorno à Africa do Sul dos nossos passaportes;
  6. Pelas viagens e compromissos no Brasil.

Reinteiramos nossos agradecimentos por sua participação em nosso trabalho ao passo em que deixamos aqui o nosso grande abraço.
Em Jesus,

Rev. Gesse e Iolanda Rios

Notícias - Dezembro de 2016

Cape Town, 06 de Dezembro de 2016

O Senhor dará força ao seu povo; o Senhor abençoará o seu povo com paz. (Salmos 29:11)

Começamos nossa última cartinha do ano desejando um Novo Ano repleto de realizações, realizações estas, que apontem para a gloriosa pessoa de Jesus, o Messias prometido, nosso Salvador e Rei. E como estamos nos aproximando do período em que tradicionalmente se celebra Sua encarnação, nunca é demais lembrarmos de que Ele já derramou a Sua PAZ em nossos corações - “...minha paz vos dou...” (Jo.14:27) – a qual nunca se esgota mesmo (e principalmente) em tempos difíceis porque Ele habita entre nós não apenas nesse período festivo, mas todos os dias de nossa vida - “...e eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos” (Mateus 28:20).
Tia Zai
Da nossa parte, temos desfrutado dessa paz, mesmo diante de sentimentos conflitantes os quais nos tem cercado nos ultimos dias como a notícia do falecimento da querida Tia Zai, uma das irmãs de meu pai e nossa intercessora de longas datas. Ao longo desses anos no trabalho missionário suportamos alguns momentos muitos difíceis como este, especialmente com o falecimento dos pais das Iolanda, Sr. Jerônimo e D. Elvira, respectivamente em 2002 e 2010, cujas lembraças ainda geram uma saudade difícil de suportar. Outra notícia nada agradável é que minha mãe (Marianina) sofreu uma queda e como consequência quebrou o osso da bacia e deslocou um braço. Vem sofrendo muito com as dores. Precisaria operar, mas em função do seu estado de saúde já delicado, não será possível tal procedimento. Porque somos vasos de barro, nossos corações teimam em se sentirem “atribulados, porém não angustiados; perpelexos, mas não desanimados... abatidos, mas não destruídos...” (2 Cor. 4:7-9). Apessar disso, o consolo do Espírito Santo tem nos acompanhado, tranformando em paz os conflitos da alma. Aquela paz que vai além da nossa capacidade de compreender.

Com Família Uzomukunda
Uma notícia boa é que estamos conseguindo que o nosso irmão Tharcisse Alex Uzomukonda continue seus estudos teológicos através da Faculdade de Teologia Reformada de Potchefstroom (North-West University - NWU). Alex é casado com Concilie (ambos oriúndos do Burundi) e juntos têm três filhos: Sheila, Hosanna e Jedediah. A NWU criou um projeto chamdo DOCENDA, que visa facilitar o acesso de pessoas de baixa renda a continurem sua educação formal, e fui convidado para auxiliar como monitor voluntário do Alex.

A situação sobre os nossos pedidos de vistos na África do Sul continua a mesma. Até já cogitamos a possibilidade de deixarmos o campo mesmo nessas condições, especialmente em função do estado de saúde de minha mãe. No entanto, porque temos essa aplicação pendente, não podemos fazê-lo. Se o fizermos termos problemas mais comoplicados para resolver com a justiça. A única opção que nos resta é esperarmos pela resposta final do Departamento de Assuntos Internos e só então estaremos autorizados a sair.
    MOTIVOS PARA AGRADECER
  1. Pelos nossos filhos – Guilherme conseguindo aos poucos resolver suas questões com relação a documentos brasileiros; Philipe progredindo em seus projetos artisticos; Leonardo finalizando o primeiro ano de seu mestrado com bom aproveitamento; e comprometimento de todos com o Corpo de Cristo, Sua Igreja;
  2. Por minha saúde – mais estável;
  3. Pelo excelente trabalho que o nosso irmão missionário Licianano Azevedo vem desenvolvendo em Moçambique;
  4. Pelo cuidado e provisão de Deus em meio à crise econômica e ao alto custo de vida neste país – o aperto também nos ensina;
  5. Pelo crescente trabalho no ministério infantil da igreja;
  6. Pelo fim dos protestos nas universidades Sulafricanas.
    MOTIVOS PARA INTERCEDER
  1. Pelo estado de saúde de minha mãe e por meus irmão que se dedicam dividindo a tarefa do cuidado;
  2. Pela documentação da missionária Lígia Bordini parao desenvolvimento dos seus trabalhos em Moçambique;
  3. Pela saúde da Iolanda – taxas de colesterol, trigliceres e insulina alteradas.
  4. Nossos Vistos - para que o Departamento de Assuntos Internos agilize o processo;
  5. Pela seca no Maláui que tem lavado milhes de famílias à fome;
  6. Pela nossa colega e amiga Silvia Octaviano, e seu novo posto de trabalho junto ao CEM em Viçosa – MG;
  7. Pelo presbítero Alex Uzomukunda e o desafio da continuação de seus estudos;
  8. Pelo Rev. Romário Bendia e família e trabalho que desenvolvem em Angola.

Encerramos está desejando as mais ricas bênçãos de Deus neste Natal e que 2017 seja um ano ainda mais frutífero na vida de cada um.
Recebam a nossa gratidão por sua parceria neste trabalho e um grande abraço!

Rev. Gesse e Iolanda Rios