quinta-feira, 3 de julho de 2014

Missionário não é imune

As nossas fraquezas revelam de maneira ainda mais clara a força e o poder de Deus que opera em nós e por nosso intermédio. Depois de reconhecer suas limitações, das quais não conseguia se desvencilhar, o próprio apóstolo Paulo, ao contrário dos "apóstolos" modernos, conclui dizendo: "Mas Ele me disse: 'Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza'. Portanto, eu me glorio ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte" (2 Cor. 2:9-10).

Como qualquer cristão, também nós missionários que nos ocupamos no exercício da missão, experimentamos o desconforto que as lutas diárias nos trazem. Porém, de igual modo temos encontrado em Sua Palavra o mais absoluto comforto e a paz verdadeira que nos fortaleçe para segurimos adiante. Os incômodos e dissabores que se nos apresentam nem de perto se comparam ao gozo que desfrutamos em Suas promessas. 

É nela que nos deparamos com a doce voz de Jesus nos garantindo do Seu cuidado quando afirma: "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo" (Jo. 16:33). São as Escrituras Sagradas que nos assguram: "Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações conhece a intençao do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus. Sabemos que Deus age em todas a coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito" (Rom. 8:26-28). 

Tudo que precisamos é aprender a confiar nAquele que que é capaz de nos sustentar em meio às lutas incessantes do vai e vem da vida. 

Hoje li uma reflexão sobre o tema, escrita pelo Dr. Wadislau M. Gomes, a qual compartilho com você no seguinte link:
http://coramdeocomentario.blogspot.com.br/2014/04/fraco-quem-eu.html

Textos bíblicos extraídos da Nova Versão Internacional (NVI)

Nenhum comentário: