quarta-feira, 22 de junho de 2011

Notícias de Junho

"Se Deus o chamou, não perca tempo olhando para trás por cima do próprio ombro, para ver se tem mais alguém seguindo junto." Corrie Tem Boon


Cape Town, 23/06/2011

Acabamos de receber mensagem de e-mail de uma irmã que, em meio ao sofrimento, nos transmite alegria, coragem e determinação no serviço ao Senhor. A frase foi parte da referida mensagem. Somos imensamente gratos a Deus por gente como a irmã Miriam que apesar de suas próprias dores mantém firme o propósito de serem parceiros na árdua, porém recompensadora tarefa de semear a Boa Semente.

Nossos filhos agora são todos maiores de idade. Leonardo completou 18 anos no último dia 07 e ficou bastante feliz com a comemoraçãozinha que fizemos em casa com amigos e companheiros de missão. Por conta de erros no Departamento de Assuntos Internos da África do Sul estamos correndo contra o tempo com a papelada do Leo para renovação de visto, pois corre o risco de perder o ano escolar se a documentação não estiver em dia até final desse mês. Ele também está apreensivo quanto aos exames finais do Matric (uma espécie de vestibular que ocorre em todo seu último ano letivo). Philipe continua na China dando andamento nos estudos de Mandarim e Arte Chinesa, ao passo em que também oferece aulas de inglês. Seu retorno está previsto para Setembro. Guilherme vai bem, apenas preocupado com seu visto de trabalho que não sai. O referido departamento tem passado por muitas mudanças que vêm causando vários problemas referentes à renovação de vistos.

Iolanda está se recuperando bem dos efeitos colaterais às mudanças que teve que fazer em seus medicamentos. Com os novos medicamentos, graças a Deus, tem conseguido dormir melhor depois de vários anos com dificuldades nessa área. Ela ainda terá que fazer diversos exames de rotina que aqui são caros e não são cobertos pelo nosso plano de saúde. Quanto a mim (Gessé) estou bem, apenas procurando me adequar melhor às novas funções no trabalho.

Nesse momento estamos ocupados com o delineamento final do projeto estratégico Base Sul da África, algo que requer sua atenção em oração. Nossos custos se elevarão bastante para tornar possível a realização do mesmo, em especial custo com viagens. Nos próximos meses precisaremos nos reunir com nosso missionário Luciano Azevedo e lideranças da Igreja Presbiteriana de Moçambique para tratar de possível apoio em projetos de plantação de igrejas entre povos não alcançados naquele país, conforme indicadores de pesquisa feita pelo colega Rev. Ronaldo Lidório. Em seguida precisaremos nos reunir com lideranças da Igreja Presbiteriana do Maláui para traçarmos prováveis áreas de parcerias com a APMT para projetos missionários naquele país. Em ambos os casos serão necessários mais recursos financeiros e mais obreiros para o trabalho.

Os colegas missionários no programa de aquisição da língua inglesa estão se saindo bem no processo de adaptação e entrosamento com a cultura. Percebemos boa atitude e disposição diante do objetivo. Timóteo e Samuel, filhos do Rev. Jorge e Jarci, estão bem entrosados na escola e igreja. Silvia e Laura Octaviano continuam sendo uma grande bênção em nossa vida e trabalho (Igreja e Projeto).

Em nosso trabalho temos tido a oportunidade de auxiliar missionários de diversas igrejas e agências, muitos dos quais de origem presbiteriana. Seus propósitos de um modo geral tem sido o da aquisição da língua inglesa, mas, de igual modo, têm sido instrumentos de Deus em nossa vida, na vida da Igreja e no desenvolvimento do projeto. Nesse momento estamos nos beneficiando das habilidades da nossa irmã Vânia Pereira (ex-Deã do Centro Evangélico de Missões) na elaboração da parte técnica do projeto Base Sul da África. Também temos desfrutado da companhia de Aldley Souza, Beatriz Faria, Maísa Haddad e Rosilene Pereira.

Nos últimos meses estamos em contato com uma jovem família missionária brasileira (Eric, Viviane, Milena e Juninho, originários da IP de Campos, RJ) que também reside em Cape Town. Ele está cursando o segundo ano de Teologia no Bible Institute of South Africa em Kalk Bay (www.bisa.org.za) e recentemente foram recebidos como membros da Igreja Presbiteriana do Kenilworth. Estamos alegres com a decisão desses queridos irmãos, que embora novos, já têm vivido uma boa experiência na caminhada missionária.

Para agradecer a Deus:

1. Pela descoberta de medicamentos mais eficientes para Iolanda;

2. Pelas excelentes experiências de Philipe na China;

3. Pelas vitórias no trabalho;

4. Pela cooperação dos nossos colegas no trabalho.

Para interceder:

1. Pelos recursos para viagens de trabalho a Maputo (R$ 1.600,00);

2. Pelo visto de Leonardo, em especial pelos recursos financeiros (R$ 430,00);

3. Pelos próximos meses de nossos missionários no programa de aquisição da língua inglesa;

4. Pela continuidade de bons resultados dos novos medicamentos no tratamento de Iolanda e pelos recursos financeiros para os exames aos quais se submeterá (R$ 1.350,00).

Seus parceiros na missão de Deus.
Rev. Gessé, Iolanda e filhos


Contribuições para o ministério do Rev. Gessé e família podem ser feitas das seguintes maneiras, sempre usando o código 0,14 em centavos (exemplo: R$ 50,14): Banco do Brasil - Agência: 0635-1 (Cambuci) - C/C: 7500-0; Banco Bradesco - Agência: 119-8 (Cambuci) - C/C: 107965-4; Transferência online - CNJP: 04.138.895/0001-86; Boleto bancário – Neste caso ligar para o (011 3341 8339) solicitando boletos bancários para efetuar o depósito.

Nenhum comentário: