segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Nossas notícias em Fevereiro 2011

“Rendei graças ao Senhor, porque Ele é bom, e a Sua misericórdia dura para sempre. Digam-no os remidos do Senhor, os que Ele resgatou da mão do inimigo e congregou de entre as terras, do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Mar” (Sl.107:1-3)

Cape Town, 03/02/2011

Ainda respirando os ares do III Congresso Lausanne Cape Town 2010 entramos no novo ano, o qual chegou com boas expectativas e muitos desafios. Nossa família tem desfrutado da paz e alegria do Senhor, a quem somos imensamente gratos. Nossos filhos têm demonstrado equilíbrio na fé e maturidade espiritual. Agradecemos ao Senhor por suas vidas. Guilherme decidiu interromper os estudos esse ano e voltar à faculdade no próximo ano para concluir o Bacharelado em Tecnologia. Conseguiu um bom contrato com uma companhia sul-africana e trabalhará durante o ano de 2011. Graças a Deus, ele está bem melhor de algumas dificuldades emocionais que vinha enfrentando. Na foto ele e o Philipe (de costas) preparando o cenário para a peça de Natal das crianças da KCPC.

Philipe (na foto de camiseta vermelha com colegas de escola e professoras) teve um excelente aproveitamento no curso e conseguiu um “B” no resultado final no teste nacional. Isso significa que poderá escolher qualquer universidade do país e submeter sua aplicação para estudar. Porém decidiu seguir um costume aqui na África do Sul. Ou seja, fazer o que eles chamam de “gap year”, que um ano fora dos estudos, apenas trabalhando. Retomará a carreira estudantil em 2012. Nesse momento está planejando passar o restante do ano na China estudando Mandarim e trabalhando, dando aulas de inglês.

Leonardo está indo bem nas primeiras semanas de adaptação à nova escola. A nova escola é bem maior (http://www.bhs.org.za/) e o ritmo um pouco puxado, mas cremos que ele se sairá bem. Tem facilidade de se relacionar com novas pessoas e até já encontrou alguns amigos por lá. A vantagem é que a escola não fica longe de casa, dá para ir e voltar a pé. Continua sonhando com o curso de veterinária.

No momento estamos nos preparando (Gessé e Iolanda) para um período de treinamento solicitado pela APMT para o desenvolvimento do trabalho frente à Base Virtual em fase de implementação na África do Sul visando atender projetos e parcerias no centro-sul do continente africano. Algumas viagens serão necessárias e precisaremos ainda mais de saúde e resistência física. Além disso, nosso trabalho implicará visitas periódicas aos campos da região bem como encontro com lideranças nacionais objetivando a concretização de novas parcerias de trabalho.

A Igreja Presbiteriana do Kenilworth (KCPC) terá algumas mudanças em 2011. Em virtude do desemprego que assola o país alguns de seus membros estão sendo afetados. Desse modo, a igreja passa por um momento delicado em suas finanças, apesar de estar crescendo numericamente. O que nos anima é que, como resultado do crescimento natural o número de crianças praticamente triplicou nos últimos anos. Somente bebês e crianças abaixo de até três anos são em torno de 10 e algumas mães grávidas próximas a darem à luz. Entre as mudanças mencionadas, dia 06/02 iniciamos classes bíblicas. A princípio apenas sete, sendo três no departamento infantil e quatro entre adolescentes, jovens e adultos. Iolanda se assumirá o berçário e Gessé cuidará de uma das classes de adultos. Outra mudança será no trabalho com os jovens e adolescentes. As reuniões terão início em 05/02 com a ajuda do nosso irmão Filipe Piragibe.

Os trabalhos no C-Step continuam, mesmo com o ritmo mais reduzido em parte por causa da nova postura do país limitando o número de refugiados e, em parte, pela melhoria nas condições de vida em países como Angola, por exemplo. O que muito nos alegra. Mesmo assim continuaremos oferecendo oportunidades na área de computação, noções de costura e pintura em tecido. O apoio escolar a quatro crianças refugiadas cujos pais são frutos do trabalho e hoje membros da igreja será mantido.

No primeiro semestre não teremos as oficinas de música aos Sábados. Pr. Marcos, também missionário brasileiro em Cape Town, pai do Davi e agora também pai da Sarah. O casal com duas crianças pequenas precisará diminuir o ritmo das atividades. Somos gratos ao Pr. Marcos pela dedicação e entusiasmo com que serviu. A parceria com o curso de inglês oferecido por SALA continua sob nossa supervisão. Mais missionários e outros trabalhadores cristãos de tempo integral estão procurando seus serviços, os quais continuam sendo satisfatórios para atender as necessidades da APMT.

Participamos da aletria de Pedro Vicente de retornar ao seu país após 12 anos na África do Sul. Ouvimos atentamente suas histórias e nos regozijamos com cada uma delas. Além de rever familiares e amigos, teve a oportunidade de encontrar com a Primeira Dama (a seu convite) e a deixou impactada pela história de superação, fruto da transformação operada pelo Espírito Santo. Ao final foi convidado para assumir um posto na área de projetos para qualificação de deficientes para o mercado de trabalho. Deverá voltar a Angola ainda esse semestre para traçar planos visando atender esse convite e, desde já, solicitou o apoio do C-Step para tal.

Essa semana Edson, refugiado angolano que acompanhamos bastante tempo com estudos bíblicos e treinamento em música e computação, retornou definitivamente a Angola. Antes de sair veio nos visitar para agradecer o fato de nos preocupar em lhe ensinar as verdades do evangelho. Em Lubango - Angola, já no ônibus em direção à sua província natal mais ao norte, ligou novamente e para expressar mais uma vez sua gratidão. Louvamos a Deus pelos resultados de anos trabalho, muitas vezes árduos.

Razões para agradecer:
• Pela nossa saúde;
• Pelo sucesso dos nossos filhos;
• Pelos trabalhos e alcance do C-Step;
• Pelas parcerias e projetos da APMT no continente africano;
• Pelo retorno do cego refugiado, Pedro Vicente, a Angola;
• Pelos muitos expatriados angolanos retornando ao país de origem como pessoas nascidas de novo.

Razões para Interceder:
• Pelos planos do Philipe de passar um ano estudando e trabalhando na China;
• Pela adaptação do Leonardo na nova escola;
• Pelas atividades do C-Step em 2011 e pelos recursos para fazermos face aos compromissos assumidos;
• Pelos planos de Pedro Vicente para cooperar com a qualificação de deficientes em Angola;
• Pelos filhos da diáspora retornando aos seus países de origem, para que hoje vivem a nova vida em Cristo sejam fiéis no testemunho de Cristo entre os seus;
• Por segurança e cuidado de Deus em nossas viagens e pelos trabalhos na condução da Base Virtual da APMT no sul do continente;
• Pela Escola Bíblica na Igreja (KCPC);

Seus companheiros na missão.
Rev. Gessé, Iolanda e filhos

Contribuições para o ministério do Rev. Gessé e família podem ser feitas das seguintes maneiras, sempre usando o código 0,14 em centavos (exemplo: R$ 50,14): Banco do Brasil - Agência: 0635-1 (Cambuci) - C/C: 7500-0;
Banco Bradesco - Agência: 119-8 (Cambuci) - C/C: 107965-4; Transferência online - CNJP: 04.138.895/0001-86; Boleto bancário – Neste caso ligar para o (011 3341 8339) solicitando boletos bancários para efetuar o depósito.