sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Notícias de Cape Town

Cape Town, 01 de novembro de 2009

Fazem três meses e meio que retornamos à África do Sul e nesse curto espaço de tempo muitas coisas aconteceram por aqui. Ao chegar descobrimos que as coisas não estão exatamente como deixamos. Engraçado, parece que nossa mente tende a congelar imagens. Temos a mesma sensação quando vamos ao Brasil. Muita coisa mudou, mas conservamos em nossa memória aquelas imagens de pessoas e lugares de quando as deixamos. É que experimentamos aqui quando chegamos de volta especialmente pelas rápidas transformações por que passa o país com obras pra todos os lados para ampliação das infra-estruturas para sediar a Copa do Mundo de Futebol.

A visita da APMT e da Nacional da SAF foi um grande momento em nossas vidas. Estiveram conosco o Rev. Marcos Agripino (Executivo da APMT), Eunice da Silva (Secretária Geral do Trabalho Feminino da IPB), Maria da Paz Souza (Tesoureira da Confederação Nacional das SAFs), Niracy Bueno (Vice Presidente Sul da SAF) e Terezinha Santana (Vice Presidente das SAFs Norte). Apesar de o grupo ter chegado desfalcado em virtude das irmãs Anita Chagas (Presidente da Confederação Nacional das SAFs) e Edicélia Carneiro (vice-presidente Centro Oeste da SAF), e dos irmãos Rev. Breno Junior (membro da Assembléia da APMT), Pbo. Clodoaldo Furlan (vice-presidente da Editora Cultura Cristã) não terem conseguido seus vistos para Angola, segunda etapa da viagem no continente. Foi um grande privilégio para nós e bastante proveitoso tanto para nós que os recebemos como para nossos visitantes que passaram a conhecer outra realidade do trabalho missionário.

O ponto alto da visita foi assinatura de uma Carta de Intenções para cooperação missionária entre a Agência Presbiteriana de Missões Transculturais (representada pelo Rev. Marcos Agripino) e Igreja Presbiteriana da Comunidade do Kenilworth (representada pelo Rev. Mike Muller). Dando, assim, um tom mais oficial à parceria de cooperação no trabalho missionário já existente há mais de cinco anos

Em outubro tivemos dois casamentos entre refugiados em nossa igreja. Ficamos contentes de ver o empenho de irmãos da igreja nos casamentos destes irmãos. O primeiro, realizado dia 18, foi o do Alex e Concilie (refugiados do Burundi) que, embora bem simples, foi muito especial na vida deles e da Igreja. O segundo, dia 24, foi o de Pedro Vicente e Anthea. Foi muito bonito, apesar do atraso de quase uma hora. A igreja estava cheia o que demonstra o quanto Pedro tem se tornado conhecido e amado nesta cidade. Durante a recepção uma senhora deu um testemunho sobre a vida dele e seu compromisso com Deus, e de como seu testemunho tem levado outras pessoas a Cristo. Iolanda ficou encarregada da ornamentação e, com a ajuda da Lee, Verônica e Cláudia,fez um excelente trabalho. Foi uma linda celebração. Uma irmã lhes presenteou com algumas diárias para lua-de-mel num hotel da cidade.

Pela graça de Deus estamos conseguindo, através do C-STEP, manter a Igueti na escolinha. Neste momento ela está de catapora, mas passa bem. O Joshua está cada dia mais espertinho e inteligente. Continuamos dando o apoio necessário (moral e espiritual) a alguns refugiados, mais precisamente o Rodrigues, Ndiro, Daniel, Pedro, Tony Vandunem, Jean Paul, Alvere e filhos, Alex, Concilie e Sheila, Bastini, Mercy e Song, entre outros.

O Ndiro e Christopher apareceram de volta. O Ndiro estava em Cape Town mesmo, mas impossibilitado de uma participação mais ativa no grupo por motivo de força maior. Agora tem aparecido regularmente. O Christopher tinha sumido porque estava no Zimbábue. Ele descobriu que seus pais e seus irmãos estavam em Harare, capital daquele país. Foi uma alegria para nós vê-lo novamente e uma alegria ainda maior para ele poder rever os seus pais ai no Zimbábue. A guerra os separou por muitos anos, além disso, não tinha certeza de onde estavam e nem se estavam vivos. Voltou à África do Sul apenas para pegar documentos de escola e se despedir da gente. Ficamos contentes de revê-lo e de saber que contribuímos para sua conversão e crescimento espiritual, e para manter viva a esperança de se re-unir aos familiares.

No início do mês de dezembro nossa colega Silvia Octaviano e sua filha Laura estarão indo ao Brasil para um período de descanso, encontros familiares, reuniões com sua igreja e APMT e tratamento de saúde. Seu retorno está previsto para início de abril de 2010. Farão muita falta tanto pelo trabalho que faz quanto pela amizade que temos. Desejamos que tenham um tempo ricamente abençoado no Brasil e voltem logo para continuarem o trabalho entre nós.

Motivos de Louvor:
• Reencontro do Christopher com sua família;
• Progresso no aprendizado da língua por parte dos novos missionários;
• Visita do Executivo da APMT Diretoria Nacional da SAF;
• Casamentos do Pedro e Anthea e Alex e Concillie;
• Bom desempenho dos nossos filhos nos estudos apesar das complicações de estudar parte do ano à distância. Guilherme está indo muito bem na Faculdade; Philipe e Leo acabaram de ser eleitos representantes dos estudantes na escola.
• Assinatura da Carta de Intenções entre APMT e KCPC.
Motivos para Interceder:
• Estamos nos sentindo cansados (sabemos a idade conta, risos)
• Refugiados estão enfrentando dificuldade para renovação de documentos de residência no país;
• Nossos filhos Philipe e Leonardo precisam renovar os Vistos este mês;
• Viagem da Silvia e Laura e o tempo delas no Brasil;
• Pela escola de Inglês e as reformas nas dependências da igreja para melhor acomodar as aulas.


Seus parceiros na triunfante tarefa missionária,

Rev. Gessé, Iolanda, Guilherme, Philipe e Leonardo


><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><>

Contribuições para o ministério do Rev. Gessé e família podem ser feitas das seguintes maneiras, sempre usando o código 0,14 em centavos (exemplo: R$ 50,14):
Banco do Brasil - Agência: 0635-1 (Cambuci) - C/C: 7500-0, Banco Bradesco - Agência: 119-8 (Cambucí) - C/C: 107965-4, Transferência online - CNJP: 04.138.895/0001-86 Ou boleto bancário – Neste caso ligar para o (011 3341 8339) solicitando boletos bancários para efetuar o depósito.

Um comentário:

Blog da Martinha disse...

Gesse e Landinha, que família linda vocês construiram. Êta povo bonito meu Deus!
Que o nosso Pai alargue as fronteiras e abençoe vocês por onde forem. Beijos!