sexta-feira, 24 de julho de 2009

De volta à África

Cape Town, 23 de julho de 2009

“Tornar-se um discípulo significa voltar-se de maneira decisiva e irreversível para Deus e para o próximo. O que segue depois disto é uma jornada... a qual não terá fim nesta vida, uma jornada de contínua descoberta de novas dimensões do amor a Deus e ao próximo.” David J. Bosch

Nossos últimos dias no Brasil foram em São Paulo onde encontramos com o Rev. Marcos Agripino (Executivo da APMT) para uma última conversa antes da viagem. Atingimos nosso principal propósito que era de descansar pelo menos dois dias, além de ter tempo para rever alguns irmãos e amigos. A viagem até Cape Town foi uma das viagens mais tranqüilas que já fizemos. Chegamos aqui no tempo previsto, num dia lindo bastante ensolarado, porém frio. Pelo menos não estava chovendo. Foi como se as chuvas tivessem decidido dar trégua para nossa chegada. Nossas bagagens chegaram todas. Tudo correu bem nos aeroportos e nem mesmo as preocupações das autoridades sanitárias com a nova gripe (H1N1) criaram qualquer tipo de inconveniência. Louvamos a Deus que tudo correu tão bem.

Ao chegarmos descobrimos que a África do Sul ficou um pouco diferente nestes sete meses. O advento da Copa das Confederações mexeu ainda mais com as expectativas do povo para a Copa do Mundo de Futebol quando o barulho das Vuvuzelas promete ser ainda mais intenso. O ritmo acelerado das obras de ampliação nos aeroportos, estádios, hotéis, etc., contribuem para o novo cenário. Porém o que mais estranhamos foi a alta nos preços em absolutamente tudo. Bens e serviços estão em média aproximadamente 35% a 40% mais caras. Suas orações por total provisão do Senhor são de suma importância.

Estamos todos bem de saúde. Iolanda continua recuperando bem da última cirurgia. As dores são menos intensas. Leonardo e Philipe retornaram às aulas e estão tentando acompanhar o ritmo dos demais colegas. Deverão se submeter a exames especiais nas próximas semanas. A escola deles (John Wycliffe Christian School), que é uma escola missionária, terá que mudar para mais longe de onde moramos. Dos dias 5 a 7/08 estaremos envolvidos auxiliando na mudança. O Guilherme é que está se sentindo muito cansado com o ritmo puxado. Por outro lado, esse tempo aqui sozinho não lhe fez bem. Pedimos que ore pela saúde dele, em especial pela saúde emocional.

Aos poucos vamos retomando nossas atividades. A parceria com a escola de inglês para missionários e obreiros cristãos de tempo integral está funcionando bem, apesar de algumas limitações devido a escassez de espaço físico e a falta de um veículo utilitário para nos ajudar nos deslocamentos, principalmente nas idas e vindas ao aeroporto. No momento estamos ampliando as instalações para melhor acomodar as aulas e aumentar a capacidade a fim de receber mais pessoas. Louvamos a Deus pelo empenho da APMT, espacialmente na captação de recursos para esse fim. Ore também pelos recursos para aquisição de um carro utilitário.

Em setembro teremos a visita de alguns irmãos do Brasil juntamente com uma delegação da Nacional da SAF, o que será para nós uma grande honra e motivo de muita alegria. Ore pelos preparativos lá e cá e para que seja um tempo marcante na vida de todos.

Juntos, servindo em Missões

Rev. Gessé, Iolanda,
Guilherme, Philipe e Leonardo.


><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><> ><>

Contribuições para o ministério do Rev. Gessé e família podem ser feitas das seguintes maneiras, sempre usando o código 0,14 em centavos (exemplo: R$ 50,14):
Banco do Brasil - Agência: 0635-1 (Cambuci) - C/C: 7500-0, Banco Bradesco - Agência: 119-8 (Cambucí) - C/C: 107965-4, Transferência online - CNJP: 04.138.895/0001-86 Ou boleto bancário – Neste caso ligar para o (011 3341 8339) solicitando boletos bancários para efetuar o depósito.

Um comentário:

Aldair Rios disse...

Q@ue bom saber que tem um baiano e um Rios totalmente envolvido na obra de Deus pra mim é uma alegria querido, conhecer o seu trabalho que o Senhor Deus continue te sustentando. Meu e-mail e msn é aldairramosrios@hotmail.com