terça-feira, 23 de setembro de 2008

CARTA DE ORAÇÃO

Cidade do Cabo, setembro/outubro 2008


Quanto mais nos exercitamos em passar tempo com Deus e com ele somente, mais descobrimos que Deus está conosco, em todos os momentos e em todos os lugares - Henri Nouwen


A situação no país com relação aos ataques a estrangeiros, sobretudo a refugiados, está mais calma. No entanto as atitudes hostis continuam por toda parte. No momento vive-se uma onda de deportação. Raramente um refugiado consegue extensão de prazo em seus papéis. O Departamento de Imigração parece estar sendo instruído a agir assim. Há claramente um procedimento padrão visando “enxugar” a população do país. Uma espécie de “preparação” para a Copa do Mundo de Futebol de 2010. Com isso, alguns dos refugiados com os quais trabalhamos estão sendo negados documentos de permanência na África do Sul.

Fui procurado por um deles pedindo orações. Disse não saber o que fazer, pois retornar à sua terra nesse momento é algo totalmente fora de cogitação. Deixou para traz esposa e filhos em busca de trabalho a fim sustentá-los e não os ver continuar passando necessidades. Ao menos aqui consegue alguns “bicos”, juntar um dinheirinho e mandar para a família de vez em quando. Procuramos encorajá-lo a permanecer firme buscando na fonte que é Jesus, sabendo que se as portas se fecharem para ele aqui ainda há um Deus soberano cuidando de tudo e atento às suas necessidades. ORE PELAS CENTENAS DE MILHARES DE REFUGIADOS QUE CONTINUAM SOFRENDO TRATAMENTO XENÓFOBO NA ÁFRICA DO SUL.

O país está vivendo grande turbulência política neste momento. Seu Presidente há mais de sete anos no poder, Tabo Mbeki, foi deposto pelo seu partido o ANC. Vinha sendo firme contra a corrupção que envolve membros do partido, inclusive seu presidente. Cremos que isto tenha motivado tal decisão do partido. Há muita inquietação na população, especialmente entre as camadas mais sofridas. SUAS ORAÇÕES POR ESSE MOMENTO DELICADO POR QUE PASSA A ÁFRICA DO SUL SÃO FUNDAMENTAIS.

Finalmente nasceu o filhinho da Alivere e Jean Paul. Um menino, Joshua, saudável e com quase quatro quilos. Jean Paul continua num emprego que um irmão em nossa igreja conseguiu. O Baya, um senhor do Congo com a esposa e cinco filhos pequenos, depois de muito sofrimento com os ataques xenófobos, continua sem achar trabalho fixo. A igreja o tem ajudado com uma pequena cesta básica cada semana. Christopher Mukiza não tem andado bem de saúde. O temos acompanhado a médico que ainda não pode dar um diagnóstico mais preciso. Estamos aguardando resultados de alguns exames. Pedro Vicente continua sendo um grande exemplo de transformação e dependência de Deus. Sua entrevista num dos canais de TV de maior audiência no país continua gerando impacto em muitas pessoas. Igrejas e até mesmo escolas o têm convidado para falar. Uma coisa que admiramos muito nele é seu ardor evangelístico. Seu espírito empreendedor o tem levado a muitas atividades. Pratica equitação e atletismo com muito entusiasmo. No momento está trabalhando muito com massagem terapia. A partir de meados de outubro terá sua própria sala para atender clientes. AGRADECEMOS SUAS ORAÇÕES POR ESTES IRMÃOS.

Bastini e Jonathan vêm mostrando um bom crescimento espiritual. Bastini agora está trabalhando e se preparando para estudar no próximo ano. Mercy, uma mãe solteira camaronesa, tem superado muitos obstáculos, mas perseverando na idéia do seu pequeno negócio. Através do projeto estamos lhe dando apoio e parece que as coisas estão indo bem. Grenvill, um rastafári que estávamos evangelizando faz algum tempo, entregou sua vida a Cristo há um mês. Depois de um culto pediu que orasse por ele, pois sabia que tinha que recomeçar a vida e estava pronto para fazê-lo naquele momento. Em meio às lágrimas entregou sua vida ao Senhor confessando seus pecados recebendo-o em arrependimento. Na semana seguinte apareceu com o cabelo cortado... Quem conhece os rastafáris sabe bem o que isso representa. Os queridos irmãos citados neste parágrafo estão solicitando serem recebidos como membros da igreja. Nas próximas semanas estarão fazendo classe de discipulado. AGRADEÇA A DEUS PELA FORMA COMO TEM OPERANDO NA VIDA DESSAS PESSOAS E ORE PARA QUE TENHA A CONSCIÊNCIA DE QUE EM CRISTO JÁ FORAM LIBERTOS, E PARA QUE DESFRUTEM DA PROTEÇÃO E LIVRAMENTO DO SENHOR A CADA DIA.

No momento estamos empenhados no projeto da criação da Escola de Inglês para atender nossos missionários a um custo mais barato. Trata-se de uma parceria a ser estabelecida entre a Igreja Presbiteriana do Kenilworth e APMT. Nos próximos dias Noêmia (missionária da APMT) estará se somando à equipe e se responsabilizará mais diretamente pela seqüência do projeto. Silvia tem sido uma grande bênção para o trabalho e para nossa família. Depois de anos trabalhando “sozinhos”, Iolanda e eu nos alegramos com outras pessoas chegando para fazer parte do time. ORE PELA CHEGADA E ADAPTAÇAO DA NOÊMIA ASSIM COMO PELO DESAFIANTE TRABALHO QUE TERÁ PELA FRENTE. ORE TAMBÉM PELA SILVIA QUE ESTARÁ NA COORDENAÇÃO DAS ATIVIDADES DO C-STEP ENQUANTO ESTIVERMOS AUSENTES.

Estamos com seis anos e meio aqui em Cape Town, sendo quatro sem retornar ao Brasil. Confesso que estamos nos sentindo muito cansados. Creio que o desgaste de lidar com a miséria alheia numa cultura distante da nossa, tendo que se expressar o tempo numa língua que não é nossa língua mãe e nos comunicando com pessoas que também a falam como segunda língua, tem contribuído muito para nosso cansaço. Mas graças a Deus o tempo de retorno está mais perto. Estamos em contagem regressiva, tal é a expectativa para rever irmãos familiares e amigos. Nossa saída está marcada para dia 09/12. Ficaremos uns dois dias em SP para descansar e depois seguiremos para Jataí - GO. Louvamos a Deus pelo apoio da APMT também nisso. Ajudou-nos na aquisição das passagens, sendo que tomamos um empréstimo para pagar o restante. AGRADEÇA A DEUS A PROVISÃO DESSE TEMPO DE DESCANSO PARA NÓS, O APOIO QUE RECEBEMOS DA APMT E ORE PARA QUE TENHAMOS OS RECURSOS PARA QUITAR NOSSA DÍVIDA O QUANTO ANTES. AGRADEÇA TAMBÉM POR TRÊS IGREJAS QUE JÁ SE MANIFESTARAM CONTRIBUINDO PARA O PAGAMENTO DA DÍVIDA DAS PASSAGENS.

Despedimo-nos na Alegria do Senhor, a nossa força.

Rev. Gessé, Iolanda,Guilherme, Philipe e Leonardo.

domingo, 14 de setembro de 2008

Motivo para oração

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2008/09/13/radicais_islamicos_defendem_explosao_demografica_para_tomar_reino_unido-548215522.asp

Um detalhe, essa estratégia não é apenas a estratégia que estão adotando para controlar o Reino Unido, mas mundo. Em todos os países onde chegam, fomentam sua expansão político-religiosa via procriação.

No Brasil a 50 anos tal seguimento religioso não passava de uma pequena minoria oraticamente desconhecida... Hoje já não pode dizer o mesmo e a estratégia não é diferente. Aoções e múltiplos casamentos para gerar o maior número possível de filhos, fazem parte dessa estratégia.

Que isso nos encorage a orar ainda mais pela conversão de pessoas influentes entre seus seguidores.